Road Shows nas Lojas Fnac

on Sexta, 15 Fevereiro 2013. Posted in Notícias Recentes - BLOG

Apresentação da Revista Construção Sustentável

Durante 2013 em datas a definir, terão lugar nas lojas FNAC, sessões de apresentação da Revista Construção Sustentável, meio de comunicação periódica - media impresso e colecionável - da Construção Sustentável® que nasceu como complemento indissociável do dinâmico programa de ações de comunicação, da página na Internet e dos cursos de formação profissional contínua que promove. Nestas sessões, Livia Tirone e Helena Farrall apresentam e discutem alguns dos temas e conceitos a desenvolver na revista em 2013.

Distribuído pela VASP, já se encontra disponível o número 4 da Revista Construção Sustentável, nas Lojas FNAC, Presse Linha e Quiosques por todo o país, bem como online.

Arevista enquadra todos os seus conteúdos sob a perspectiva da sustentabilidade urbana e seleciona criteriosamente toda a informação e soluções apresentadas, partindo de conceitos em torno dos quais existe um elevado grau de consenso técnico e científico e visa facilitar o acesso à informação relevante e contribuir para a consolidação e o aprofundamento dos conhecimentos relevantes sobre o estado da arte das boas práticas na construção e sobre o desenvolvimento urbano sustentável. Está direcionada para um público vasto de decisores profissionais e particulares, que influenciam a qualidade do meio edificado.

O Designer Henrique Cayatte faz um apelo à sua profissão, ao abordar a sustentabilidade ambiental:

on Quinta, 07 Fevereiro 2013. Posted in Notícias Recentes - BLOG

O Designer Henrique Cayatte faz um apelo à sua profissão, ao abordar a sustentabilidade ambiental:”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Debatemo-nos ainda com uma deficiente formação dos designers. É fundamental dar uma atenção mais aprofundada às questões da relação do design com o ambiente. Tópicos como a pegada ecológica, as fontes alternativas, o reciclado e o reciclável, o combate ao desperdício e à poluição, por exemplo, são matérias que exigem estudo e a reorganização dos processos conceptuais. Mas não só. É crítica uma formação em cidadania onde os designers podem e devem ajudar. Mas não se pense que estas são as únicas falhas. A resposta às necessidades dos cidadãos portadores de deficiência, o espaço público, o design que contribua para combater a pobreza e as desigualdades, por exemplo, são áreas a exigir a maior atenção.

O design tem essa enorme diferença que é a de ser transversal. Poder mudar de escala, de distância, de materiais, poder trabalhar para o individual e para o colectivo, aqui ou lá fora, em comunicação, equipamento ou multimédia.

Hoje não é admissível que um designer não tenha essa capacidade de adaptação e uma forte consciência social.

Temos, todos, que contribuir para uma melhor educação para a cidadania, o combate ao analfabetismo funcional e aprofundar a aproximação entre informação e conhecimento. Ao alheamento é importante responder com a concentração naquilo que é central não apenas na formação mas também, e por extensão, na prática profissional."

HOW IT WAS: HUMAN HABITAT 2013: HENRIQUE CAYATTE

on Quinta, 07 Fevereiro 2013. Posted in Notícias Recentes - BLOG

HOW IT WAS: HUMAN HABITAT 2013: HENRIQUE CAYATTE”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No dia 4 de Fevereiro teve lugar a primeira Conferência Human Habitat em 2013 no Auditório Mar da Palha do Oceanário de Lisboa, na qual que o orador convidado foi Henrique Cayatte e apresentou diversas ideias no âmbito do tema “Design para Inovação”.

 

Sem slides, o Designer que criou objetos que quase todos os Portugueses transportam diariamente na sua carteira ou bolso, é o caso do Cartão do Cidadão e do passaporte electrónico, transmitiu a sua tristeza em relação ao modo como os decisores políticos colocaram o órgão que representa a profissão num estado de “limbo perpétuo” o que atualmente está a impedir o desenvolvimento da profissão para as novas áreas em que se colocam importantes desafios globais, áreas estas muito necessárias para transcender a atual conjuntura. Emanente de um espírito "beaux-arts" o design ganhou autonomia no plano pedagógico havendo no entanto um caminho a percorrer na construção das mentalidades para se conseguir uma representação coletiva da profissão e assim ingressar em novos espaços no mercado global.

 

Trouxe-nos ainda boas ideias sobre o que podemos e devemos fazer para transformarmos positivamente a sociedade em áreas que são críticas para o bem-estar global – qual o futuro do trabalho na Europa? Que perspetivas profissionais existem para jovens, com as quais se identificam e consideram desejáveis? De que modo as novas tecnologias e na globalidade o desenvolvimento tecnológico estão a substituir ou eliminar o que até agora tem sido considerado “emprego”?

 

Durante 1 mês a gravação áudio desta conferência ficará disponível para todos os inscritos na Comunidade Construção Sustentável online. Poderá aceder a esta e outras gravações áudio na Mediateca da página na Internet www.construcaosustentavel.pt. Após este período apenas os membros na modalidade Premium e Premium Plus terão acesso a esta gravação.

 

NOTA: À Conferência Human Habitat corresponde 1 crédito, no âmbito da formação obrigatória em temáticas opcionais dos estágios de ingresso na Ordem dos Arquitetos. Os certificados são emitidos aos Membros da Comunidade Construção Sustentável (nível Premium Plus).

HOW IT WAS: WORKSHOP: Design para a Prosperidade

on Segunda, 04 Fevereiro 2013. Posted in Notícias Recentes - BLOG

HOW IT WAS: WORKSHOP Design para a Prosperidade”

No dia 31 de Janeiro realizámos em Lisboa o Workshop sobre o tema “Design para a Prosperidade”.

As apresentações ilustraram diversas perspetivas sobre a função do Design – para a Ordem dos Arquitetos o Design permite incorporar a Sustentabilidade na arquitetura e colocá-la ao serviço da Humanidade, para imaginar um mundo melhor e tornar o Homem mais feliz. Para a Schrèder (empresa na área da iluminação pública) o Design permite integrar a evolução tecnológica e transformar as soluções LED em inovação disruptiva no setor da iluminação de cor. Para a Tarkett (empresa na área dos revestimentos em linóleo, vinílico e madeira), o Design permite colocar no mercado soluções de reduzida manutenção, tendo com algumas linhas de produtos já atingido o nível “prata” no sistema de certificação “Cradle to Cradle”.

Entre as preocupações levantadas durante a discussão moderada, estiveram:

  • O custo associado a um produto que resulta de melhores “inputs” de design, e o facto de o mercado não estar ainda sensibilizado para analisar os custos e os benefícios na perspetiva do ciclo de vida global dos mesmos – no caso de revestimentos de pavimento, o custo do investimento inicial corresponde a apenas 10% do custo ao longo da sua vida útil - os demais 90% correspondem a custos de manutenção e limpeza;
  • A escola e a implícita cultura “Beaux Arts”, profundamente enraizadas em Portugal, individualiza e segrega autores de Design, ao ponto de criar uma desvantagem em competitividade, até dentro de uma mesma empresa multinacional;
  • A dimensão ética, intrínseca no conceito da sustentabilidade, precisa de ser mais valorizada pela própria profissão da arquitetura e integrada no ensino e na formação;
  • Para aumentar o valor acrescentado por processos de reciclagem, é essencial desenhar para a desconstrução;
  • Apenas com Design é possível desmontar preconceitos e criar uma relação de “amizade” com o desenvolvimento tecnológico e com a inovação.

Durante 1 mês a gravação áudio ficará disponível para todos os inscritos na Comunidade Construção Sustentável online na Mediateca da página na Internet www.construcaosustentavel.pt. Após este período apenas os membros na modalidade Premium e Premium Plus poderão aceder a esta gravação.

NOTA: Ao Workshop correspondem 4 créditos, no âmbito da formação obrigatória em temáticas opcionais dos estágios de ingresso na Ordem dos Arquitetos. Os certificados são emitidos aos Membros da Comunidade Construção Sustentável (nível Premium Plus).